sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Casa do Tesouro 2

...Sabemos que por tradição, aqueles dois montes eram sagrados e ali reuniam-se aqueles dois povos para adorarem a Deus, segundo a tradição de cada um. Jesus entretanto ensinou a mulher samaritana que a verdadeira adoração não pode limitar-se a espaço físico, pois o espírito não está condicionado a geografia e sim a verdade. Apesar de tudo, temos hoje o conhecimento que muitas igrejas ou grupos de religiosos excursionam a "montes", para ali buscarem e adorarem a Deus em curtos retiros espirituais de oração, onde julgam ter mais proximidade com Deus (é questão de fé). Não pecam com isso, se lá no monte seja ele qual for, busquem a Deus e o adorem em espírito e em verdade. Da mesma forma milhares de pessoas buscavam a Deus antes da construção do templo por Salomão {O tabernáculo móvel de Moisés(Ex 25: 2-9)}, e mesmo depois da última destruição, o povo de Deus continuou buscando e adorando em diversos outros lugares. Existem hoje Mesquitas. sinagogas e templos comuns espalhados por todo o mundo além da palestina e Jerusalém. Com disseminação do evangelho aos gentios pelo apóstolo Paulo principalmente, as Escrituras Sagradas chegaram ao ocidente e consequentemente até nós. Mesmo que ainda houvesse o Templo de Salomão, e ainda quando o reconstruírem, não podemos em nossa grande maioria nos deslocar três vezes por ano para adorar no "monte". Assim milhares de templos se espalharam para a propagação do Evangelho e para a adoração ao Deus do Evangelho (O Deus dos hebreus) e todos sem exceção; se abrigarem "verdadeiros adoradores", continuarão sendo tão sagrados quanto o templo construído no monte por Salmão. com isso a importância destes templos e sua finalidade não mudam. Conhecidos como "igrejas" no mundo ocidental de uma forma geral, são dignos de serem chamados pelo nome que ali é invocado: Casa de Deus (por isso Casa do Tesouro)... continua