quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Simbologia

De Gênesis a Apocalipse, encontramos de uma forma ou de outra, algum tipo de símbolo, nas Escrituras Sagradas. Sejam figur: 1-3as de linguagem, personagens, imanências, parábolas... em fim; Deus usa estes objetos de comunicação para se revelar ao homem. Nunca qualquer destes objetos no entanto, foram usados sem propósitos bem definidos. No caso do dízimo, que não foge a regra, encontramos três destas figuras, que ilustram o texto que circunstancia o surgimento, a origem do dízimo. 
Observe no verso 18 do 14º capítulo do livro de Gênesis, a forma como um rei chamado Melquisedeque, surge no contexto da história: Em nenhum momento a bíblia traz relato deste inusitado personagem, que surge do nada, no momento em que Abrão volta vitorioso da batalha contra os reis que haviam levados cativos seu sobrinho 'Ló' e todo o povo de Sodoma e Gomorra; mas o texto revela categoricamente (...era este sacerdote do Deus altíssimo). Ora não há geneologia deste homem, logo não há antepassados registrados nas Escrituras, dos quais ele tenha procedido; nenhuma outra história citada, antes ou depois desta aparição, faz menção de algo que se possa dizer a respeito do mesmo, a não ser com referência ao texto em estudo. Podemos encontrar no entanto algumas referências a seu respeito no Novo testamento, quando o escritor da carta aos Hebreus no exemplo mais clássico, revela a comparação desta que é a mais importante figura relacionada ao dízimo. observe o seguinte texto:(Porque este Melquisedeque. que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abrão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; a quem também Abrão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei dejustiça e depois também, rei de Salém, que é rei de paz; sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias e nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao filho de Deus, permanece sacerdote para sempre. Hebreus 7: 1-3).

Concordamos assim que a primeira figura estudada neste texto é Melquisedeque, rei de Justiça e de paz; e que a mesma remete à Cristo o filho de Deus, nosso Senhor e Salvador.

Faltm ainda dois outros símbolos que iremos estudá-los na próxima postagem.

Que Deus lhe abençoe!